Desde o 2009 com a produção de um filme baseada na HQ Watchmen, que os fãs da saga esperam mais novidades no segmento live-action. A verdade é que, apesar de bem aceita pela crítica em geral, o filme da Warner Bros. não foi considerado exatamente um sucesso de bilheteria e, a possibilidade de uma sequência se tornou distante, quase nula, possivelmente em razão da natureza mais “pesada” da trama.

Personagens do filme de 2009 da Warner Bros
Personagens do filme de 2009 da Warner Bros

Agora, os rumores sobre a possibilidade de trazê-la para uma série e com excelente chancela da HBO reaquece as esperanças, uma vez que, inclusive, o formato de episódios pode ser o ideal para esta história. Quem estaria por trás do projeto é o próprio Zack Snyder, responsável pelo longa-metragem, quem teria avançadas reuniões com HBO sobre o tema.

A emissora ainda não confirma, nem desmente o projeto, que coincide com o final iminente de Game of Thrones e a necessidade de emplacar outra série de repercussão, que bem poderia ser Watchmen.

Watchmen é uma série limitada de quadrinhos escritos por Alan Moore com ilustrações de Dave Gibbons para a DC Comics entre 1986 e 1987, que são considerados marco importante na evolução das HQs de superherois, ao adotar uma temática mais sombria, madura e menos superficial. A trama de Watchmen é situada nos EUA de 1985, um país no qual aventureiros fantasiados eram comuns. O país estaria vivendo um momento delicado no contexto da Guerra Fria e em via de declarar uma guerra nuclear contra a União Soviética. A mesma trama envolve os episódios vividos por um grupo de super-heróis do passado e do presente e os eventos que circundam o misterioso assassinato de um deles (famosa cena que abre o filme). Watchmen retrata os super-heróis como indivíduos verossímeis, que enfrentam problemas éticos e psicológicos, lutando contra neuroses e defeitos, e procurando evitar os arquétipos e super-poderes tipicamente encontrados nas figuras tradicionais do gênero. Isto, combinado com sua adaptação inovadora de técnicas cinematográficas, o uso frequente de simbolismo, diálogos em camadas e metaficção, influenciaram tanto o mundo do cinema quanto dos quadrinhos.

Se você não estiver familiarizado com os quadrinhos Watchmen ou o filme de 2009, confira o excelente trailer abaixo para ter um gostinho:

lf4

Deixe uma resposta