O canal FX estreou, no último dia 16/07, sua nova série para a sessão fearless.

Se você acha que já tinha visto tudo sobre vampiros, precisa conhecer a nova criação do diretor Guillermo del Toro (“O Labirinto do Fauno”, “Círculo de Fogo”).

A trama que conta a história do Dr. Ephraim Goodweather  (Corey Stoll),  chefe do Centro de Controle de Doenças de Nova Iorque, que em meio a uma crise familiar, é chamado às pressas para investigar um possível surto viral responsável por matar todos os passageiros de um voo proveniente de Berlin. Bem, quase todos.

Depois de algum tempo, todos eles se tornam mortos-vivos de aparência repugnante que além de sugar o sangue de suas vitimas, transmitem o parasita, que rapidamente leva os Estados Unidos a uma pandemia assustadora. Como o verme é capaz de sobreviver fora do corpo por algum tempo, os humanos podem ser infectados apenas pelo contato com o bichinho asqueroso.

A série é capaz de afastar a maioria dos estereótipos dos vampiros, muito presentes nas séries atuais como The Vampire Diaires, da CW ou da saga Crepúsculo. Em comum, apenas a origem em livros considerados best-sellers. No caso de The Strain, a obra foi escrita pelo próprio  del Toro e Chuck Hogan, também responsável pelo roteiro da série.

Del Toro é só elogios para a série e a estrutura que recebeu para dar vida a sua obra no canal FX, que aliás está cada vez mais conceituado com sua já respeitosa coleção de 45 indicações ao Emmy por produções como American Horror Story, Nip/ Tuck e Sons of Anarchy, todas já exibidas no Brasil.

Os esforços para promover esta série são tão ambiciosos quanto o próprio piloto, uma vez que a FX tem parceria com o XBox da Microsoft para trazer aos fãs uma gama de conteúdos exclusivos, incluindo websódios e quem sabe um game. Recentemente, em Los Angeles e Nova York, o canal sofreu represálias por seus enormes outdoors com o verme aflorando de um olho humano.

O piloto cumpre o que promete. Dirigido por Guillermo del Toro, é instigante, bem conduzido e tem momentos que provocam medo, mas certamente a principal sensação provocada é a de quero mais.

Confira o trailer:

https://www.youtube.com/watch?v=DqcuyXeN8O8

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta