Um impasse envolvendo direitos autorais pode tirar do seriado baseado na franquia de filmes Pânico (Scream) a face (ou melhor, a máscara) do seu mais importante personagem: o vilão serial-killer.

A máscara conhecida como Ghostface, tem a FunWorld como dona de seus direitos e não a  Weinstein Company, que é dona da franquia de filmes.

Segundo RJ Torbert, da empresa detentora dos direitos da máscara, os produtores da série de TV ainda não negociaram com a empresa o uso do acessório na TV, mas não estaria se recusando a permitir, desde que haja uma negociação (obviamente, envolvendo valores). Em uma declaração recente, RJ, comentou o assunto: “(…)Nós acreditamos que ‘Pânico’ é Ghostface e que Ghostface é ‘Pânico’. No entanto, é escolha deles fazer um filme ou uma série sem Ghostface”.

Até agora os executivos da MTV, emissora que produzirá a adaptação, não se manifestaram.

Pânico, a série, contará a história de um vídeo que ao parar no YouTube e se tornar viral, causa problemas para a protagonista Audrey (Bex Taylor-Klaus), que se vê em meio a um assassinato em uma cidade com um passado bastante conturbado. Audrey é uma personagem complexa. É bissexual e filha de pastor de igreja conservador.

A dupla Jay Beattie e Dan Dworkin (das séries Revenge e Criminal Minds) escreveram o primeiro episódio, que ainda não tem data de estreia oficial.

 

Deixe uma resposta