COPYRIGHT LINE REQUIRED: True Detective SM, under license from Home Box Office, Inc. LOGO REQUIRED: Please use Sky Atlantic "on dark"unless logo is positioned on the far right hand side in which case please use Sky Atlantic "on light".

Com estreia aclamada e com futuro aparentemente promissor, True Detective recebeu inúmeros prêmios e a rara aceitação de público e crítica.

Muitos confetes sobre a dupla de protagonistas Matthew McConaughey e Woody Harrelson, até que veio uma segunda temporada que aparentemente enterrou a genialidade alcançada no primeiro ano ou, pelo menos, desencantou o público que fez a série da HBO amargar uma evasão poucas vezes vistas na emissora. A crítica ajudou no processo de apedrejamento, quando a classificou como pedante, sofrível e sonífera (entre muitos outros predicativos nada animadores).

A série chegou a entrar na lista de piores do ano, segundo a crítica especializada.

Em novembro passado, a HBO decidiu mostrar que confiava no trabalho de Nic Pizzolatto, criador da série, renovando seu contrato até 2018 para levar ao canal novos trabalhos, incluindo uma terceira temporada para a série.

Agora, com novo chefe de programação, Casey Bloys, o futuro da série ficou incerto e depende do aval do novo executivo, que não tende positivamente a autorizar a continuação da franquia. Bloys já teria determinado que Pizzollato esqueça True Detective e trate de apresentar outro projeto, pois classifica a segunda temporada como um marco negativo e difícil de transpor.