Com 69 minutos e com o sugestivo título de The Winds of Winter, o mesmo do primeiro livro inédito da saga literária As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin e que inspirou a série épica da HBO, o 10º episódio da temporada de Game of Thrones promete ser o mais longo, tenso e revelador da série até aqui.

Com os núcleos em ebulição, a série que, nesta temporada, superou os eventos dos livros e cumpre a antiga promessa de separar livro e TV, aponta cada vez mais para o desfecho da grande jornada pela sucessão do trono de ferro, a cadeira do monarca dos Sete Reinos de Westeros, o continente fictício, onde a trama se passa.

A decisão dos roteiristas de batizar o desfecho desta antepenúltima temporada com o título do livro ainda não lançado causa terror aos fãs mais xiitas da saga escrita. Há grande receio de que este episódio possa antecipar detalhes da obra e estragar as grandes surpresas que sempre recheiam a narrativa de George R.R. Martin. Mas os produtores David Benioff e Dan Weiss garantem que a season finale não vai estragar as promessas de The Winds of Winter. Em recente entrevista para a Weekly, afirmaram: “A esta altura, muito do que estamos fazendo diverge dos livros. E, embora haja elementos-chave dos quais temos certeza de que se repetirão, não vamos falar muito sobre isso – e eu não acho que George é um qualquer. As pessoas ainda vão ser muito surpreendidas ao ler os livros, que deverão ser lançados mesmo depois que nossa série acabar.

Em janeiro, o próprio Martin disse que a série percorrer rumos tão distintos das grandes amarrações que ele já tinha idealizado para sua obra que é quase impossível que Game of Thrones consiga antecipar ou ofuscar temas de seu novo livro.

E aí? Será que dá para confiar?

Por hora, o sexto livro da saga ainda não tem previsão de lançamento. Já o final da temporada da série irá ao ar no próximo dia 26 de junho, com transmissão simultânea à mundial pela HBO.

[follow id=”tvexpert” count=”true” ]
lf4

Deixe uma resposta