Com um retorno para a breve  conclusão da primeira temporada,  Constantine vem sido ameaçada pelo fantasma da baixa audiência desde os primeiros episódios.

Exibida nos Estados Unidos nas noites de sexta-feira da TV aberta pela NBC, havia grande expectativa de que a série tivesse resultados mais expressivos na exibição ao vivo. Em uma tentativa de salvar o show, a NBC mexeu na grade e inverteu seu horário, exibindo mais cedo, antecedendo os episódios de Grimm, que mantém-se dentro da meta da emissora.

O fato é que, por alguma razão, não só não deu certo, como  Constantine afasta a audiência que retorna em seguida para ver Grimm, causando um acréscimo médio de quase 1 milhão e meio de telespectadores que preferem ver as divertidas histórias sobrenaturais do detetive Nick Burkhardt, em vez das aterrorizantes e relativamente bem produzidas cenas de horror de Constantine. A série chega a ocupar a quarta colocação no horário, perdendo até para um programa de vídeocassetadas da FOX.

Constantine – Audiência Americana (em milhões de expectadores na faixa 18-49 anos, referência para o mercado publicitário americano)

  • 1×01 – 4.280
  • 1×02 – 3.060
  • 1×03 – 3.140
  • 1×04 – 3.470
  • 1×05 – 3.540
  • 1×06 – 3.340
  • 1×07 – 3.170
  • 1×08 – 3.300
  • 1×09 – 3.060
  • 1×10 – 3.500

Ainda assim, a série advinda das sagas de quadrinhos Hellblazer consegue fazer um público razoável e conquista muita repercussão nas reapresentações, por streaming e no gravado. Segundo os executivos da emissora, a audiência no ao vivo é o maior desafio, mas existe muito carinho, interesse e uma grande variedade de histórias que a série pode contar.

Com estas notícias, os fãs estão se perguntando, se haverá uma segunda temporada de Constantine?

Em entrevistas recentes, Matt Ryan, que interpreta o papel-título, está confiante de que haverá uma segunda temporada.

Em entrevista ao portal IGN, a NBC se manifestou que está sim considerando encomendar uma segunda temporada de Constantine. No entanto, lamenta o baixo desempenho no ao vivo do show.

“Esperávamos  que a série tivesse melhor resultado ao vivo. Ele tem uma grande audiência após [ir ao ar] em todos os tipos de mídia e tem um público jovem que a emissora tanto preza, mas o número ao vivo ainda é um desafio. Más nós adoramos o show e é justo dizer que ainda estamos falando sobre isso (renovação). “

Charles Halford, que interpreta Chas Handler, o simpático assistente do caçador de demônios, disse recentemente que acredita na renovação e prometeu que há muito o que vir pela frente.

“Eu acho que nós fizemos 13 boas horas de televisão. Acredito, firmemente, há muito mais por vir. Mas foi um bom passeio”, disse Halford em uma entrevista com Blastr. “Levamos alguns episódios para encontrar o nosso equilíbrio, mas fizemos”.

Ainda, nos fóruns especializados, há rumores de que, se a NBC não mantiver a série em sua grade, ela deverá migrar para as telas do canal Syfy, que faz parte do mesmo conglomerado de comunicação e, por ser uma emissora fechada e de nicho específico, tem metas menos agressivas de audiência. Nada oficial, no entanto, foi confirmado nem pela NBC, nem pelo Syfy.

Apesar de muitos torcerem o nariz, a ida para um canal fechado como o Syfy, além de mantê-la em produção, poderia trazer uma liberdade criativa e menor censura imposta pela TV aberta e pelo horário atual de exibição, plenas 20h de sexta-feira.

O certo é que o show é bem produzido, agrada aos fãs do gênero, tem atuações interessantes e personagens bem construídos e efetivamente merece uma nova oportunidade.

Vamos na fé, compartilhar: #SaveConstantine

likeface

  • Marlos Andrey

    #SaveConstantine