Não são só os grandes filmes que mobilizam quantias astronômicas. Muitas séries de TV para alcançar o nível de qualidade do que é levado ao ar para um espectador cada vez mais exigente superam em muito as cifras de milhões de dólares por episódio, investidos em figurinos, locações, produções, pós-produção, salários e publicidade.

Claro que, estes valores facilmente retornam para as produtoras e grandes redes de TV com as também milionárias cotas publicitárias, merchandising, licenciamento de marcas e participações no caso das redes de TV a cabo, que nos Estados Unidos, são verdadeiras fábricas de séries, algumas delas conseguindo visibilidade tão grande ou maior do que as poderosas redes abertas.

Se você pensa que as séries mais caras de todos os tempos são as de grandes efeitos especiais vai se surpreender quando perceber que a diferença de orçamento entre grandes produções atuais como a caprichada Game of Thrones e a queridinha Friends e colossal. E os “amigos” de Nova York gastavam mais que os Lannisters.

Confira as séries com o maior custo por episódio já realizadas até então.

Lost

Um cão,  70 atores, um aparato de produção gigantesco e locações permanentes no Hawaii fizeram de Lost, uma das séries com maior custo por episódio de todos os tempos. Em média, A ABC gastou cerca de USD 4 milhões por capítulo. O piloto da série custou sozinho USD 14 milhões. A audiência compensou. A série ainda figura entre as mais vistas de todos os tempos na TV americana e foi apresentada em não menos do que 130 países.

lost

Terra Nova

Produzida por Steven Spielberg, Terra Nova tinha planos ambiciosos: levar o encanto causado pelos filmes também produzidos e dirigidos por Spielberg da franquia Jurassic Park para a telinha com efeitos especiais que fossem minimamente aceitáveis, afinal depois dos filmes, não se aceitaria algo meia boca vindo do prestigiado diretor. E a FOX não poupou: resultado custo médio por episódio de cerca de USD 4 milhões.

Diferentemente de Lost em que o orçamento era compensado pela repercussão e audiência, Terra Nova acabou por se tornar um problema. A audiência não reagiu, o produto era caro e a saga jamais teve um fim, sendo cancelada na primeira temporada.

 

terranova

Fringe

Também com USD 4 milhões de média por episódio, a série cult de ficção científica da FOX, cheia de efeitos especiais, reproduzindo várias dimensões e anomalias temporais para lá de curiosas, se fixou com uma das mais instigantes tramas sci-fi de todos os tempos.

fringe

Deadwood

A audiência nunca foi das melhores, mas é inegável que a reconstituição do velho oeste americano era primorosa em Deadwood. Cavalos, gado, vagões, saloons e cowboys custaram em torno de USD 4,5 milhões por episódio à HBO.

Deadwood

True Blood

A HBO investiu mais de USD 5 milhões por episódio da sangrenta saga de vampiros. O elenco estelar, muitos efeitos especiais e claro, sangue e mais sangue cenográfico consumiram uma verba invejável para muitas produções atuais.

True-Blood

Boardwalk Empire

A preciosidade da reconstituição de época, os figurinos e cenografia consumiram em média USD 5 milhões por episódio desta prestigiosa produção.

Boardwalk-Empire

Game of Thrones

Locações em diversos pontos do globo, incluindo estúdio fixo em Belfast e também Croácia, Islândia, Malta, Marrocos, Irlanda do Norte, Espanha, Escócia e Estados Unidos e a recriação de um mundo épico com direito a dragões, castelos, reis e rainhas fazem desta caprichosa produção da HBO uma quebradora de recordes de audiência e de orçamento. São cerca de USD 6 milhões por episódio.

Daenerys

Camelot

A audiência nem de longe é tão espetacular quanto os números. Com média de USD 7 milhões por episódio, Camelot se esmerou em recriar a era medieval, com preciosismo cenográfico incomum para os padrões do canal Starz.

Camelot

 

Rome

Com produção fixada na Itália e outra impressionante recriação de época, a violência, o sexo e a direção espetacular consumiram nada menos do que USD 9 milhões por episódio, em média. Suficiente para a HBO decidir não levar a diante sua produção, cancelando a série em 2007, após 2 temporadas.

Rome

Marco Polo

Todo mundo sabe que a Netflix não poupa investimento em suas séries e com Marco Polo não foi diferente. Também com custo médio em torno de USD 9 milhões por episódio, talvez por isso esteja demorando tanto para lançar a segunda temporada. Mesmo assim, portal prevê continuidade na saga regada de poesia, locações magníficas e exóticas e grande elenco.

redeye-lorenzo-richelmy-marco-polo-netflix-20141210

Friends

O posto de série queridinha de 10 em cada 10 americanos, inflacionou os salários e alçou ao posto de estrela, os então desconhecidos "amigos" de Nova York. Além deles, a fama da sitcom de cenários simples e texto fácil e gracioso, ainda contou com ilustres (e caras) presenças de atores hollywoodianos como Julia Roberts, George Clooney, Bruce Willis entre outros. Cada episódio de Friends custava à Warner cerca de USD 10 milhões.

Friends

ER

Mesmo com cenários recorrentes, ER lançou atores ao estrelato como George Clooney e se tornou o programa a mais tempo em exibição contínua na TV americana na época. O custo médio por episódio é chocante: USD 13 milhões! Ou seja, mais do que dois episódios de Lost.

ER

Curta nossa página no Facebook

likeface

[follow id="tvexpert" count="true" ]